Jogo legal em Portugal

Jogos de casino em linha, poker online e apostas desportivas autorizados em Portugal

Jogo Legal Portugal

Regresso de PokerStars a Portugal está eminente

16 Novembro 2016

A Pokerstars já tinha dado indícios de que o seu regresso ao nosso país poderia estar próximo. Confirma-se, agora, que este regresso está eminente e que o seu regresso será feito com Liquidez Nacional, isto é, em mercado fechado.

Em comunicados recentes, a operadora tinha já dado a entender que tinha a pretensão de regressar em breve, com a aprovação do sistema por parte da entidade reguladora responsável – o Serviço de Regulação e Inspeção de Jogos do Turismo de Portugal (SRIJ). Esta intenção foi revelada

Tal como a sua concorrente, a Betfair, também a Pokerstars tem vindo a dar indícios do seu desejo de integração no mercado de jogos e apostas online em Portugal, faltando apenas, para tal, a aprovação da candidatura e a emissão da licença legal que validará a sua presença no panorama de jogos online no nosso país.

Nas palavras de Paula Gomes da Costa, no momento da inauguração da sede da empresa Blip (responsável pela Betfair e pelo Yahoo), este desejo de voltar a investir em solo luso é fomentado pela forte aposta destas empresas no mercado externo.

Além disto, no que respeita à Pokerstars, as declarações de Rafi Ashkenazi, o CEO da Amaya, fazem prever que a entrada da empresa no mercado fechado tem como intenção premeditada o alargamento das fronteiras com a liquidez. A empresa acredita que eventualmente o mercado fechado evoluirá para um mercado conjunto com países como Itália ou França. Por agora, a Pokerstar pretende abrir a sua sala de jogos online disponibilizando as suas apostas e casino, dentro do padrão ao qual já nos tem habituado com a sua sala de espada vermelha, acrescentando posteriormente as atividades que, por agora, estão vedadas ao jogadores e apostadores nacionais.

Até ao momento, os avanços e declarações prestados têm dado indicações claras de que a demora na integração desta operadora no mercado nacional se deve apenas à dificuldade do SRIJ em certificar os sistemas que o permitiriam.

Ainda assim, e tal como tem vindo a prever-se ao longo dos meses, a Pokerstars está a preparar o seu regresso à atividade de jogos e apostas online em Português, mantendo como objetivo principal a conquista da liberdade que surgirá com uma liquidez internacional.

Neste momento, os jogadores e apostadores nacionais aguardam com expetativa a abertura do site da afamada espada vermelha, ainda que, numa primeira fase, esta aconteça num regime de mercado fechado.

PokerStars


Notícias de poker online legal em Portugal

Portugal legaliza spins na sua oferta de póquer online

29 Abril 2021 — Uma nova alteração na lei nacional veio permitir a integração de spins no mundo do póquer online em Portugal. A integração das novas Regras dos Jogos de Póquer Online em Modo de Torneio em Diário da ...

888poker lança bónus duplo de boas-vindas

30 Outubro 2020 — O 888poker é um dos sites portugueses que explora os jogos de fortuna e azar. Conhecido dos portugueses pelas suas oportunidades, principalmente no que diz respeito ao mundo do póquer, esta site conta...

SECOOP 2019 garante prémios no valor de 10 milhões de euros

25 Novembro 2019 — A PokerStars lançou a edição de 2019 do Southern Europe Championship of Online Poker (SECOOP). Esta edição garantiu uma prizepool no valor de 10 milhões de euros, sendo que o MainEvent valia, por si s...

888.pt recebe licença para póquer online

5 Julho 2019 — 888.pt tinha já recebido, em Janeiro do corrente ano, a licença legal que lhe permitia a exploração dos jogos de casino. Desde que obteve esta licença, o site tem operado, sob o domínio da empresa 888...

Todas as notícias das salas de poker legais em Portugal

BacanaPlay
BacanaPlay

© 2021 JOGO-LEGAL-PORTUGAL.PT - Todos os direitos reservados - Webdesign por SIX DESIGN
Avisos legais - Termos e condições - Jogo Responsável - Contato
Jogo-Legal-Portugal.pt em Twitter   Canales RSS

A prática do jogo lucrativo podem envolver riscos graves como as dívidas de jogo, dependência e isolamento social.
É proibida a participação de menores em jogos lucrativos.

-18